Uruca é o curta mais aplaudido no 2º dia da mostra competitiva Banff

Mostra competitiva 

O diretor do Uruca – Erick Grigorovksi, ao lado do assistente técnico e Felipe Assad, personagem caricato no curta 

O 2º dia do festival Banff foi marcado pela apresentação do curta-metragem Uruca, produção da mostra competitiva que não decepcionou o público.

A animação traduz de forma fiel, peculiaridades e detalhes de uma escalada em rocha, enfatizando seus momentos mais tensos.

O bonequinho da animação é muito bem feito – bastante expressivo. Porém, mais característico ainda são os incentivos e gritos de motivação do segurança – uma caricatura impressionante do escalador carioca Felipe Assad, presente neste 2º dia de mostra.

A produção tem duração de 8 minutos que passam desapercebidos, graças à caracterização muito divertida de roubadas que todo escalador já vivenciou um dia.

Além do Uruca, outra produção que divertiu a platéia foi o curta Horizonte Aberto, na Chapada Diamantina, com imagens de escalada em móvel no Morro do Pai Inácio e mergulho em cavernas.

Já o curta Gruna traça um paralelo entre a escalada de boulder e o garimpo na Chapada, com a presença dos escaladores Matheus Veloso, Tiago Veloso, Stefano Mastrocola, entre outras feras nacionais. 
Em função de narrações de moradores locais, a compreensão dos textos e explicações culturais fica comprometida. A introdução de legendas seria uma boa solução para resolver esse problema.

De qualquer forma, algumas interpretações sobre o Gruna descrevem a intenção dos produtores em transmitir a simplicidade e o espírito da escalada em contato com o povo e histórias da região, através de analogias impensáveis entre universos tão distintos. O curta, sem dúvida, segue um padrão de edição pouco dinâmico. Os irmão Velloso estavam presentes na mostra prestigiando o lançamento do curta em que atuaram, que terá seu pré-lançamento nacional no início de novembro.

O curtas Infinito , filmado no Parque Estadual dos Pirineus foi considerado amadro, comparado às outras produções. 

Conceição: Guarde nos olhos, rodado em Conceição do Mato dentro, foi apreciado pela comunidade, com cenas dos boulders e curiosidades locais.

Deixe um comentário